xororó du goias canta paixão de homem

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

versos matutu

dizem qui sou cachaceiro
cachaceiro eu num sou
cachaceiro é quem fabrica pinga
eu sou é consumidor


pneu é preto mais num é café
gosto de bola mais num sou pelé
minha loucura é correr
atraz de muié


carne de boi so presta assada
cerveja so presta gelada
e muié pra ser boa
so presta se for assanhada

Um comentário:

Carolzinha disse...

Ameiii o poema kkkk'morri de rir